6 de janeiro de 2016

PROVOCAÇÕES: Sagrado ou profano?


Vendo os noticiários após o atentado terrorista ocorrido em Paris no final do ano passado uma questão antiga me voltou a mente.

O que faz algo se tornar "sagrado"? Deus ou
as pessoas? Existe lugares ou pessoas mais "sagrados" do que outros? A vida e o bem comum é maior do que qualquer tipo de sacralidade?

O que dizer de quando o rei Davi comeu dos pães "sagrados" do tabernáculo (1 Samuel 21) e de Jesus quando curou um homem no sábado sagrado (Lucas 14).

Um exemplo contemporâneo foi a "profanação" do local de homenagens as vítimas do ataque terrorista de Paris mediante o medo e o instinto de auto-preservação da vida.

Afinal de contas a "sacralidade" tem suas exceções (Hora é sagrado, outra hora não)? Ou, só é sagrado para aqueles que o consideram "sagrado"?


_____________________
Falso Alarme Causa Pânico e Correria, Homenagem na França. 2015. Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=GJmJI-OOKjM>. Acesso em: 05 jan. 2016.

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger... COMENTÁRIOS:
     
  Pensamentos divergentes são fundamentais para o desenvolvimento deste Blog. Comente com bom senso e respeito. Sua contribuição será de grande valia!

Seu e-mail não será divulgado. Todavia, se preferir utilize a opção postar como "Convidado" (I'd rather post as a guest)